Taking too long? Close loading screen.

Garotas Suecas faz temporada de shows no Centro da Terra, em São Paulo


postado: 25 de Maio de 2018 às 18:26

Garotas Suecas faz temporada de shows no Centro da Terra, em São Paulo

O Garotas Suecas vai fazer uma série de shows em São Paulo durante o próximo mês de junho. A banda paulistana é o nome da vez a ter uma residência no Centro da Terra, casa da Zona Oeste da cidade. Serão quatro apresentações diferentes (mais detalhes abaixo), todas as terças do mês, a começar pelo dia 5 e passando pelos dias 12, 19 e 26.

Em turnê com o disco Futuro do Pretérito, lançado no segundo semestre de 2017, o grupo vai receber amigos – entre eles Luiza Lian, Teago Oliveira, do Maglore, Luiz Thunderbird e Nasi – para cantar as músicas da banda em uma espécie de “karaokê” na primeira data. Na terça-feira seguinte, o Dia dos Namorados, o Garotas Suecas terá um setlist inteiro baseado nas canções românticas do cancioneiro próprio e algumas versões.

Já em 19 de junho, a banda fará o show De Volta Pra Garagem, no qual os integrantes vão recordar os primeiros anos de carreira, com foco nas músicas e EPs mais antigos. Para a última terça de junho, dia 26, o agora quarteto – formado por Irina Bertolucci, Tomaz Paoliello, Fernando Freire e Nico Paoliello – vira um sexteto, com as participações do dois ex-integrantes do Garotas Suecas, Guilherme Saldanha (Sal) e Sessa.

Garotas Suecas – temporada Identidade
5, 12, 19 e 26 de junho de 2018 (terças), às 20h
Centro da Terra | Rua Piracuama, 19 – Sumaré, São Paulo
Ingressos: entre R$ 15 e R$ 50



Source link

قالب وردپرس

Capital Inicial retorna com single inédito; ouça “Não Me Olhe Assim”




Capital Inicial retorna com single inédito; ouça “Não Me Olhe Assim”


Faixa é a primeira de 12 novas músicas a serem lançadas mensalmente pela banda; álbum chamado Sonora tem produção de Lucas Silveira, do Fresno

O Capital Inicial não lança um disco de inéditas desde Saturno, que saiu em 2012. Nesta sexta, 25, a banda brasiliense divulgou o single “Não Me Olhe Assim”, primeiro de um novo álbum, chamado Sonora que deve ganhar vida em “conta-gotas”, como um projeto de 12 canções inéditas a serem lançadas mensalmente.

“Não Me Olhe Assim” tem a estrutura tradicionalmente roqueira do grupo, sendo mais uma composição dividida entre o vocalista, Dinho Ouro Preto, e um parceiro clássico, o compositor Alvin L. Assim como todas as outras 11 faixas de Sonora, “Não Me Olhe Assim” tem produção de Lucas Silveira, vocalista, guitarrista e líder da banda gaúcha Fresno.

“A letra, que fala sobre relacionamento, carrega ambiguidade e tem praticamente duas leituras”, explica Ouro Preto em comunicado à imprensa. “Uma delas é uma visão mais ortodoxa sobre a convivência. Por outro lado, o vídeo vai apresentar uma leitura alternativa à letra”. O clipe do novo single do Capital Inicial deve ser gravado em junho.

Lançado parceladamente ao longo de 2018, Sonora sucede o disco/filme ao vivo Acústico NYC, que a banda lançou no fim de 2015, e o EP Viva a Revolução, que saiu no anterior. Além de Ouro Preto, atualmente o Capital Inicial conta com a cozinha original dos anos 1980 – Fê Lemos (bateria) e Flávio Lemos (baixo) –, com o guitarrista Yves Passarell (no grupo desde 2001) completando a formação.

Conheça abaixo o single “Não Me Olhe Assim”.



Source link

قالب وردپرس

Harvey Weinstein se entrega à polícia de Nova York após seis meses em reabilitação




Harvey Weinstein se entrega à polícia de Nova York após seis meses em reabilitação


Produtor foi acusado de abuso sexual e estupro por diversas mulheres

Harvey Weinstein se entregou a uma delegacia na cidade de Nova York, Estados Unidos, na manhã desta sexta, 25, após receber várias acusações de agressões sexuais.

A identidade das duas vítimas que irão depor ainda nesta sexta não foram anunciadas. Porém, acredita-se que uma delas seja Lucia Evans, cantora que acusou Weinstein de ter forçado sexo oral em Evans em 2004 durante o que ela achou que seria uma reunião de elenco.

Weinstein colocará US$ 1 milhão como parte da fiança pré-negociada, usará uma tornozeleira eletrônica e perderá o passaporte.

De acordo com a NBC News, Weinstein chegou à delegacia às 7h30, horário local. O famoso produtor de Hollywood, que passou os últimos seis meses em uma clínica de reabilitação no Arizona, levou vários livros com ele, incluindo a biografia do cineasta Elia Kazan, e o recém lançado Something Wonderful: Rodgers and Hammerstein’s Broadway Revolution, do autor Todd S. Purdum, ainda sem tradução em português. Weinstein permaneceu em silêncio quando foi bombardeado de perguntas pelos repórteres enquanto entrava na delegacia.

Antes da acusação de Weinstein, várias vítimas comentaram sobre a prisão via Twitter. “Hoje, Harvey Weinstein dará o primeiro passo na inevitável descida ao inferno”, Asia Argento disse pela manhã. “Nós, mulheres, finalmente temos esperança de obtermos justiça”.

Rose McGowan disse em um comunicado: “Há 20 anos atrás, eu jurei que corrigiria o problema. Hoje, estamos a um passo mais perto de justiça. Que isso dê esperança a todas as vítimas e sobreviventes em todos os lugares que estão contando suas verdades”.

Além das acusações que Weinstein está enfrentando em Nova York, o ex-produtor também tem uma investigação contra ele acontecendo pelo Departamento de Polícia de Los Angeles, com três acusações que correm através de promotores mais uma ação aberta pela atriz Ashley Judd.



Source link

قالب وردپرس

Copa do Mundo 2018: música oficial tem produção de Diplo e participação de Will Smith e Nicky Jam; ouça “Live It Up”




Copa do Mundo 2018: música oficial tem produção de Diplo e participação de Will Smith e Nicky Jam; ouça “Live It Up”


A faixa, carregada de ritmo latino, conta também com colaboração da cantora albanesa Era Istrefi

Foi divulgada na última quinta, 24, a música oficial da Copa do Mundo 2018. A faixa, produzida pelo DJ Diplo, é uma colaboração entre o cantor norte-americano Nicky Jam, a cantora albanesa Era Istrefi e o rapper e ator Will Smith.

A produção, que apresenta uma sonoridade clara e inexplicavelmente influenciada por ritmos latinos, carrega uma letra vaga e clichê sobre união, comemorar vitórias e dar o máximo de si, já que vivemos apenas uma vez.

Sem qualquer característica, ligação ou menção à cultura da Rússia, país que sediará a Copa do Mundo deste ano, o single acaba por ser mais uma música sem alma e genérica que poderia ter sido usada como canção oficial de qualquer outra edição do campeonato mundial mais importante para o futebol.

Ouça abaixo “Live It Up”.



Source link

قالب وردپرس

Morgan Freeman é acusado de assédio sexual e pede desculpas em nota




Morgan Freeman é acusado de assédio sexual e pede desculpas em nota


Oito mulheres acusaram o ator de conduta inadequada em diferentes situações ao longo da carreira

Morgan Freeman foi acusado de assédio sexual por oito mulheres. Elas contaram à CNN que o ator fazia comentários inadequados e toques indesejados. Uma das escritoras do artigo divulgado pela emissora, Chloe Melas, acusou o vencedor do Oscar de Melhor Ator Coadjuvante de fazer comentários lascivos para ela durante uma entrevista, na frente de colegas. Várias pessoas corroboram as alegações feitas pela rede de notícias.

Em 2015, uma assistente de produção, com 20 anos na época, lembra de toques e comentários indesejados vindos de Freeman durante as gravações de Despedida em Grande Estilo (2017), que duraram meses. Ela disse que o ator comentava sobre seu físico, esfregava a mão nas partes inferiores de suas costas e, uma vez, tentou incessantemente levantar a saia que ela estava vestindo enquanto perguntava se a assistente estava usando calcinha. O colega de elenco, Alan Arkin, teve que intervir e pediu para que Freeman parasse.

Uma funcionária sênior da produção de Truque de Mestre afirmou que o ator assediava ela e outras colegas de trabalho com observações sobre os respectivos corpos. “Nós sabíamos que se ele estava indo para o set… não usávamos nenhuma blusa com decote, nenhuma calça que mostrasse mais nossos quadris, ou seja, nenhuma roupa que fosse um pouco mais colada”, contou ela.

Há anos, Freeman fez comentários sobre a aparência de Lori McCreary, co-fundadora da produtora dele, a Revelations Entretainment, na frente de 400 pessoas, em uma conferência de produtores. McCreary é a presidente da Producers Guild of America, que representa a categoria. “Ela quer ser levada a sério”, disse o ator à multidão. “Mas não se afasta dos vestidos curtos”. Em entrevista ao programa Today, Freeman descartou a polêmica: “Foi apenas algo que eu disse em tom de brincadeira quando eu a conheci, há mais de 20 anos. Como que isso virou notícia agora?”.

Chloe, a co-escritora do artigo da CNN, lembrou de ter entrevistado Morgan Freeman em uma coletiva de imprensa quando estava grávida de seis meses. Ele teria dito, nas frente das câmeras: “Adoraria ter estado lá” e “Você está madura”. Os atores que trabalhavam com Freeman, Alan Arkin e Michael Caine, estavam presentes na época. Chloe contou ao supervisor, que a aconselhou a encaminhar o incidente ao supervisor de recursos humanos. Ao entrarem em contato com a Warner Bros, estúdio que estava conduzindo a entrevista, foi dito que nada poderia ser feito, e Chloe optou por não cobrir mais o filme.

“Qualquer pessoa que me conhece ou que já trabalhou comigo, sabe que não sou alguém que, intencionalmente, ofenderia ou, conscientemente deixaria alguém desconfortável”, respondeu Freeman em um comunicado após a publicação das alegações. “Peço desculpas a qualquer um que se sentiu desconfortável ou desrespeitado – essa nunca foi a minha intenção.”

O artigo da CNN ainda informou que houve algumas vezes em que os repórteres contataram fontes e, sem dizer a eles quem estavam investigando, os atores e equipe adivinharam o nome de Morgan Freeman. Por outro lado, outros disseram que nunca testemunharam nenhum comportamento inadequado.



Source link

قالب وردپرس

Han Solo: Uma História Star Wars revisita o passado do herói de forma divertida e eficiente, mas não é o blockbuster do ano




Han Solo: Uma História Star Wars revisita o passado do herói de forma divertida e eficiente, mas não é o blockbuster do ano


Os fãs podem respirar aliviados: a aventura respeita os preceitos da franquia

Este é um lançamento pensado para satisfazer os fãs ansiosos até que o capitulo final da trilogia oficial Star Wars chegue às telas (em dezembro de 2019). Han Solo: Uma História Star Wars mostra os primórdios do aventureiro Han Solo, imortalizado por Harrison Ford, mas aqui interpretado com charme e habilidade por Alden Ehrenreich. Os fãs descobrirão que o icônico personagem veio de um planeta chamado Corellia, cujos habitantes foram escravizados pelo Império. Lá, ele vive de pequenos golpes que aplica ao lado da namorada, Qi’ra (Emilia Clarke, a Daenerys Targaryen de Game of Thrones).

Logo cedo ele aprende a ser piloto e a se virar nas ruas. Enquanto escapa de ser morto nas sangrentas batalhas das quais participa, Solo conhece Tobias Beckett (Woody Harrelson) e Val (Thandie Newton) e, apesar de algumas desconfianças iniciais, se une a eles na missão de roubar um carregamento de um valioso combustível. Um pouco antes disso, um dos encontros mais fantasiados por quem acompanha a saga pôde ser testemunhado: Solo conhece o wookie Chewbacca (Joonas Suotamo) e logo eles engatam a duradoura parceria. Mas a trupe precisa de uma nave que dê conta da perigosa jornada que terão que enfrentar. Eles, então, procuram Lando Calrissian (Donald Glover, conhecido no mundo do hip-hop como Childish Gambino), também um vigarista, mas muito mais refinado e falante do que Solo. Calrissian é proprietário do cargueiro espacial Millennium Falcon. Para Solo, é amor à primeira vista e ele se empenha em conseguir a nave.

COM SPOILERS: Star Wars: Os Últimos Jedi é sólido, mas não espetacular

Quando o projeto de Han Solo começou, os diretores eram Phil Lord e Chris Miller. Mas devido a uma série de divergências criativas, a dupla foi afastada. Para o lugar deles veio o veterano Ron Howard, amigo pessoal de George Lucas, o criador da saga original. Geralmente Howard encara projetos autorais e prefere não se envolver em trabalhos feitos sob “encomenda”, mas aceitou salvar algo que poderia ter se tornado um desastre. Howard é, provavelmente, o mais fiel discípulo de Steven Spielberg em atividade: ele é um contador de histórias confiável, que nunca sai da linha. O roteiro ficou a cargo de Lawrence Kasdan (O Império Contra-Ataca, O Retorno do Jedi) e de seu filho Jonathan, e isso já garante um respeito a velhas fórmulas (a grande preocupação dos fãs era se o capítulo de Star Wars que estreia nesta quinta, 24, seria um filho rebelde da franquia e inventaria moda).

Apesar de ter feito sucesso, Star Wars: Episódio VIII – Os Últimos Jedi marcou uma ruptura no universo SW. Os mais tradicionalistas não gostaram dos caminhos seguidos pelo diretor Rian Johnson, enquanto outros louvaram as inovações trazidas por ele. Howard segue uma rota segura, mas Han Solo não é tanto uma saga espacial. O cineasta junta diversos estilos, como western e filme noir, sendo que o começo recria o cenário da Primeira Guerra Mundial.

Dito tudo isto, o veredicto é que Han Solo – Uma História Star Wars é um filme eficiente, profissional e divertido, uma aventura de primeira que respeita os preceitos da franquia. Mas não é um evento. E nesta pegada dos blockbusters, vindo logo após os mais espetaculares Vingadores: Guerra Infinita e Deadpool 2, ele pode parecer rotineiro, pelo menos para quem procura algo um pouco mais provocante.



Source link

قالب وردپرس

Samuel Rosa, do Skank, tocará covers de clássicos com a Orquestra Juvenil Heliópolis em SP




Samuel Rosa, do Skank, tocará covers de clássicos com a Orquestra Juvenil Heliópolis em SP


“O maior desafio é a formatação, conjugar banda e orquestra”, diz o músico; a apresentação gratuita acontecerá neste fim de semana, em São Paulo

A segunda edição do Sinfonia Samsung Rock acontece no próximo domingo, 27, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo. O evento tem entrada gratuita, e contará com uma repertório de clássicos da música mundial, interpretados pela Orquestra Juvenil Heliópolis (composta por 70 músicos e regido pelo maestro Edilson Venturelli), além de receber, dentre diversos convidados, Samuel Rosa, em uma participação especial.

O setlist contará com faixas dos Beatles, Guns N’ Roses, U2, Legião Urbana, Amy Winehouse e até Radiohead. O vocalista e guitarrista do Skank sobe ao palco para tocar ao lado da orquestra as músicas “Dois Rios” (da própria banda), “Wonderwall”, do Oasis, e “Umbabarauma”, do Jorge Ben Jor.

Em entrevista exclusiva à Rolling Stone, o músico evidencia que, apesar de não ter cordas na gravação original, a canção autoral “Dois Rios” “fica muito boa com esse acréscimo”. “As músicas ganham um lirismo a mais. Ficam mais doces”, acrescenta. Sobre a experiência de poder tocar com uma orquestra, Rosa conta que “o maior desafio é a formatação, conjugar banda e orquestra. Os instrumentos elétricos precisam respeitar o arranjo da orquestra, para não sobrepor nada. Isso tudo requer um cuidado extra.”

Segunda Edição do Sinfonia Samsung Rock, com participação de Samuel Rosa
27 de maio, domingo
Parque do Ibirapuera – Av. Pedro Álvares Cabral – Vila Mariana, São Paulo
Entrada gratuita



Source link

قالب وردپرس

Exclusivo: banda-fôrra lança filme de show feito na Casa da Pólvora, em João Pessoa; assista a Trilha ao Vivo


postado: 24 de Maio de 2018 às 15:32

Exclusivo: banda-fôrra lança filme de show feito na Casa da Pólvora, em João Pessoa; assista a Trilha ao Vivo

banda forra

Dani L

Os paraibanos da banda-fôrra disponibilizaram, nesta quinta, 24, as filmagens de um show que fizeram no centro cultural Casa da Pólvora, em João Pessoa, cidade natal do grupo. Filmado no último mês de janeiro, Trilha ao Vivo é o primeiro registro neste formato lançado pela banda.

O clipe para a faixa “Apego” já havia dado aos fãs um gostinho do que viria com o projeto. Ao longo dos 50 minutos do projeto, a banda evidencia no palco a criatividade, energia e diversidade sonora do pop psicodélico que introduziram com o EP homônimo lançado em 2015, e que firmaram com disco Trilha, de 2018.

O trabalho audiovisual chega para o público logo após uma turnê bem sucedida pelos estados de São Paulo, Goiás e Minas Gerais, e foi totalmente produzido em parceria com amigos dos integrantes da banda. “Foi uma grande festa de nascimento desse filhote, o Trilha, e que agora está documentado para posterioridade”, comemora o vocalista Guga Limeira, ressaltando que, com a gravação do filme, foi possível “honrar as parcerias mais antigas e celebrar as novas”.

Assista abaixo Guga, Ernani Sá (guitarra), Matteo Ciacchi (baixo), Hugo Limeira (guitarra) e Lucas Benjamim (bateria) suando música e encantando a plateia em Trilha ao Vivo



Source link

قالب وردپرس

Rolling Stone Music & Run teve participação de cadeirantes e portador de deficiência




Rolling Stone Music & Run teve participação de cadeirantes e portador de deficiência


Sétima edição paulistana da corrida aconteceu no último sábado, 19, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, com shows de Frejat e Warriors

No último sábado, 19, aconteceu mais uma edição paulistana – a sétima – da Rolling Stone Music & Run, já tradicional no calendário de atletas de todo o país e que foi novamente realizada no Sambódromo do Anhembi. Para somar ao exercício, o encerramento do evento teve open bar de cerveja e shows de Frejat e Warriors, entretendo os aproximadamente 7 mil participantes, que correram trajetos de 5 km ou 10 km, ou então optaram pela caminhada de 3 km.

A Rolling Stone Music & Run tem sido cada vez mais inclusiva, já que, ano após ano, tem crescido o interesse e a participação de atletas cadeirantes, como foi o caso de Ronaldo Caparroz Garcia, de 61 anos, que participou do percurso de 3 km, acompanhando pelos dois filhos. “Alguns amigos do trabalho chamaram e decidimos vir”, ele contou à Rolling Stone Brasil. “Esta foi a minha primeira participação em uma corrida. Adoro o Frejat e gostava muito do Barão Vermelho.”

A Instituição Casa de David, especializada em atender pessoas carentes e com deficiências intelectuais e físicas, levou o atleta Alexandre Barros Lima, de 38, que tem paralisia cerebral, para participar da Rolling Stone Music & Run. Ele já esteve nas corridas São Silvestre e Meia Maratona, mas esta foi a primeira corrida noturna feita por Lima. O atleta foi acompanhado pelo fisioterapeuta, Paulo Souza, e pelo professor de Educação Física, Bruno Satori, que o guiou. O percurso escolhido por ele foi o de 5 km.

Saiba mais sobre o que aconteceu na corrida e no show de Frejat



Source link

قالب وردپرس

Vingadores 4 ganha sinopse oficial antes mesmo de título




Vingadores 4 ganha sinopse oficial antes mesmo de título


Publicação que revelou a história de Vingadores: Guerra Infinita também anunciou o mote da sequência

O título do quarto filme da franquia Vingadores ainda não foi divulgado, mas a sinopse da sequência de Vingadores: Guerra Infinita pode ter sido revelada pela revista License Global, como descobriu o portal Comic Book, na última terça, 22.

“A culminação de 22 filmes conectados, a quarta edição da saga dos Vingadores vai chamar o público para testemunhar a reviravolta desta jornada épica. Nossos amados heróis entenderão de verdade o quão frágil é esta realidade e os sacrifícios que devem ser feitos para mantê-la”, diz a sinopse oficial.

Vingadores: Guerra Infinita é complexo, excitante e hilariante

A publicação License Global tem credibilidade desde que, em maio de 2017, divulgou a primeira sinopse de Vingadores: Guerra Infinita. O desfecho o último filme da Marvel deixou os fãs atordoados, se perguntando qual seria o futuro do universo cinematográfico.

Os diretores Joe e Anthony Russo, responsáveis pelo Vingadores: Guerra Infinita e pela continuação, já disseram que os fãs ficarão assustados com a revelação do título, que ainda não tem data para acontecer. Parece que os perigos e sacrifícios dos super-heróis não acabaram.



Source link

قالب وردپرس